sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

NAVIERA ARMAS & TRANSPORTE MARÍTIMO

Já repararam que de repente está tudo a falar do roubo que são as taxas cobradas ao transporte marítimo na Madeira? Nos custos acrescidos que os produtos têm pelo monopólio existente há largos anos, que tem beneficiado uns poucos enquanto os do costume que têm permitido a situação se queixam de falta de apoio do continente a quem tem custos de insularidade?

Mas a situação já existe há muitos anos e alguns partidos já tinham falado anteriormente no problema...

É esta a diferença entre eficiência e eficácia...

3 comentários:

3RRR disse...

A Associação de Armadores, armada em virgem ofendida, vem agora falar em concorrência desleal.
Estes artistas estão habituados à mama do costume e quando alguém vem provar, Aqui d'El Rei que nos estão a roubar.
Estes senhores têm de entender de uma vez por todas que acima dos interesses gulosos desses tubarões, está um interesse colectivo de 240.000 habitantes que têm oportunidade de pagar menos pelos produtos que consomem.
Se tenho oportunidade de pagar menos 0,50€/Kg na laranja (exemplo que foi mostrado na RTP-M) porque é que tenho de continuar a pagar o dobro?

Anónimo disse...

sim é verdade. quando se aparece de G3 para prender alguém que rouba um chupa a uma criança, é natural que tenha eficácia!

João Carvalho Fernandes disse...

Essa da G3 é muito profunda! Importa-se de explicar?

 
Free counter and web stats
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!