terça-feira, 9 de dezembro de 2008

VÃO MAS É ROUBAR PARA A ESTRADA!


Não bastassem os vultuosos rendimentos que este senhor saca de forma imoral, dado que sendo deputado na Assembleia da República é eticamente reprovável que efectue pareceres e outros trabalhos jurídicos para o Estado (pagos a peso de ouro) , agora vem propor isto:


E porque não a reforma ao fim de seis meses? Ou plenários apenas uma vez por mês?

Entretanto há milhares de portugueses que em 2009 vão ter como ordenado 450 euros por mês, trabalhando no mínimo 40 horas por semana.

2 comentários:

amsf disse...

Parece que passou despercebido na Madeira o facto desse sr. ter afirmado na TSF que a Assembleia da República devia fechar às Sextas e Segundas para os deputados puderem vizitar as famílias! Também eu queria e ganho muito menos!

JPG disse...

Quando a desfaçatez descamba para a obscenidade, o que me custa a compreender é como se pode qualificar... o inqualificável.
Este digníssimo "representante do povo" é, antes de mais, um eficientíssimo representante de si próprio e, por conseguinte, utilíssimo porta-voz dos seus pares.
Ou seja: um nojo. Mas enfim, estamos em Portugal, ninguém leva a mal.

 
Free counter and web stats
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!