sexta-feira, 28 de novembro de 2008

CARTA A UM BLOGUISTA DA TRETA - por EMANUEL BENTO

Meu Caro Filipe Malheiro (ou devo dizer Chefe de Gabinete do Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira?!),

Começo a ficar deveras farto de si e da sua falsidade e maledicência:

Já lho disse antes por mail, mal havia regressado à ilha, por causa de uns posts que você escreveu sobre mim, que não escrevo nada, seja o que for, a coberto do anonimato. Mas, você ou é estúpido ou faz-se, e se é esta a situação, pior ainda, pois, faz-se estúpido de propósito para atingir outros através de mim. Não sou autor de blog algum neste momento.

Já nessa altura, você covardemente tentou ligar-me ao www.opravdailheu.blogs.sapo.pt e tive que lhe enviar por mail os comentários, identificados, que fiz nesse blog a ameçar com uma queixa-crime, independentemente de quem seja o autor, caso insistissem em insinuar que nele colaborava. Essas tentativas desse blog em insinuar que fulano, beltrano e sicrano, colaboram no supracitado blog são (e continuam a ser) recorrentes, mas nunca vi, a bem ou a mal, você preocupar-se com isso. E só por isto, já se percebe a sua (falta de) ética...

Muito antes de você sequer sonhar com a blogosfera, andava lá eu - durante 3 anos - e nunca deixei de assinar o que publicava com o meu nome. Todavia, desde que fui para Lisboa, em Novembro de 2006, que deixei de escrever em blogs como autor, recorrendo, agora, a comentários em que assino com o meu nome quando a necessidade assim obriga e mesmo isto somente após ter regressado. E, basta andar na blogosfera dita "regional", para verificar que é assim como digo e não como você falsamente insinua que é. Tanto assim é como lhe digo, que foram publicados, a meu pedido alguns comentários como posts no www.acagarra.blogspot.com no rescaldo daqueles episódios da Assembleia Legislativa e também antes por causa do Teleférico do Rabaçal.

Ora, se fosse (eu) o autor do www.politicapuraedura.blogspot.com, não precisaria de andar a pedir a quem quer que fosse que publicasse comentários meus como posts; pura e simplesmente, usaria o blog que você acusa ser da minha autoria. Ademais, basta estar atento à forma como se escreve nesse ou noutros blogs, para verificar que não sou eu o autor. "Graças a Deus", ainda sei escrever e tenho um estilo muito próprio de o fazer, o que já não se pode dizer de si, que escreve mal e porcamente - valha-nos os copy/paste que vai fazendo; se fosse a si, apostava ainda muito mais nessa técnica...

Para escrever sobre Política e os atrasados mentais que infestam esta ilha, basta-me a minha colaboração no Garajau. Ainda não há muito tempo escrevi uma "peça" sobre o seu blog e as recorrentes picardias com o www.apontamentossemnome.blogspot.com (do deputado do PS-M Carlos Pereira), que assinei com o meu nome, embora constasse de uma secção em que os textos, por norma, não são assinados (no Garajau a regra costuma ser assinar apenas artigos de opinião e editoriais), justamente para você saber quem tinha sido o autor e não começar com as habituais referências à sua família em que mais parece uma "sopeira" a padecer do útero - se não sabe, o que quero dizer com isto, Freud explica. E se precisar, de boa vontade empresto-lhe um dos meus 5.000 livros, a ver se percebe.

Já há tempos, debalde ter escrito que não mais usaria o meu nome em vão, você voltou a fazê-lo. Aliás, deve padecer de alguma enfermidade (psíquica) ou deformação de carácter, porque é useiro e vezeiro nessas promessas. Ora encerra definitivamente o blog, ora nunca mais fala deste ou daquele, ora isto, ora aquilo. Recomendo-lhe, portanto, a leitura de Heidegger e o conceito de "Angst", talvez o ajude, quem sabe?!... Ou, então, alguma forma de psicoterapia. O "psicodrama" pode ser-lhe útil. Eu cá não tenho problemas em afirmar, publicamente, que já fiz psicoterapia e gostei!

Como nunca tem a frontalidade de chamar os burros pelos nomes, nessa ocasião voltou às suas insinuações dizendo-me funcionário partidário. Meu Caro, funcionário partidário foi você, que durante anos e anos, exerceu as funções de secretário-geral adjunto do PSD-M. Não sou recenseado sequer nem tenciono nunca ser e não trabalho para o PND, apesar de não ter qualquer problema em reconhecer que, no que for preciso, o dito grupo do PND tem a minha solidariedade e contribuição no combate a este regime podre que o sustenta a si e tantos outros.

Colaboro com o Garajau já há uns bons anos. Colaboração que continuei em Lisboa, quando assinava os meus artigos de opinião primeiro como "Salsicha Izidoro" e depois como "Bruna dos Prazeres", como lhe disse, por mail, aquando das suas primeiras referências sobre mim e se alguns dos artigos que escrevi mesmo com esses pseudónimos desse origem a um qualquer processo em Tribunal, seria eu, Emanuel Bento, e mais ninguém a assumir as consequências do que escrevo, como sempre o fiz.

Que fique, pois, bem claro, após este texto, que não sou eu quem escreve o www.politicapuraedura.blogspot.com e que se alguma vez voltar à blogosfera de forma activa e permanente não será para escrever sobre Política.

E já agora, para finalizar: arranje uma vida. Masturbe-se, dê umas quecas, faça um exame à próstata e rode para ver de que lado está o vento, ou o que quiser, mas deixe-se de falsas afirmações e insinuações no que a mim toca.

EMANUEL BENTO

6 comentários:

Anónimo disse...

O blogue desse sr LFM é a central da contra-informação laranja. Ele é muito bem pago para isso.Pena é que alguns incautos jornalistas se deixam levar pelas manobras das ultraperiferias como as que fez sobre a Universidade (para meter mandatários cavaquistas na reitoria) e agora na lavagem do caso Efisa, do grupo BPN. Com algum resultado, diga-se, como viu-se ontem na abertura do telejornal em que só faltou a RTP-M colocar umas asinhas nos dosi advogados-deputados do PSD. Até um dia em que esses jornalistas tomem consciência de que são manobrados e mostrem a careca do manipulador. É assim o ciclo da história.

Anónimo disse...

mas será q ainda ninguem percebeu que os blogs não dão votos
e que o bento, o lfm e outros precisam de ganhar a vida...

Anónimo disse...

João,

Não é para publicar este comentário mas esteja atento ao regresso do www.madeirasemamos.blogspot.com Antes diziam que eram um grupo e que havia membros de vários partidos. Agora eliminaram esses textos- curioso!- e regressaram afirmando que são um tal de José Baptista (é mais ou menos como o John Smith dos filmes e séries de tv made in America), dito professor de língua portuguesa e comunista, repescando um assunto velho como tudo e que só visa atacar o PND, como se vê, aliás, pelos primeiros posts.
Também sobre o LFM e a resposta que ele deu à minha carta, não deixa de ser entendiante verificar a habitual táctica do dito cujo.Começa a guerra, como o fez com um post anterior que justificou as minhas palavras. Depois, arma-se em vítima e pede que lhe deixem da mão como se fosse um mártir.
Diz ainda que não desce de nível, a propósito do exame à próstata e passa o último parágrafo a insinuar que sou homossexual. Enfim, uma mente perturbada e recalcada. Deve ser o reflexo de ter andado anos e anos a rebaixar-se a AJJ (que ainda há dias referia-se publicamente na comunicação social ao Garajau como "gajedo") Jaime Ramos e companhia limitada.
Emanuel Bento

Anónimo disse...

Não era para publicar enquanto post, era isso que queria dizer...
Emanuel Bento

Paulo Gomes disse...

Absolutamente, LFM transforma-se em vítima quando ele é, na grande generalidade dos casos, o agressor. Mas as baboseiradas que escreve, seja como agressor de tudo o que é oposição ao PSD, seja como contra-informação dentro do próprio partido, só interessam a LFM e à sua vidinha insonsa.
"Defecar" é preciso, naquilo que diz o homem que, inclusive, chama porcos e nojentos aos seus críticos e antagonistas.
Não lhe liguem e vão ver que o rapazinho até se cala...

Anónimo disse...

o Madeira Sem Amos é do Roberto Almada.

Há uns tempos atrás alguém destapou-lhe a careca! 30 minutos depois, em pânico, acusou o toque e fechou o blogue!

Sem saber o que fazer resolveu atribuir uma identidade falsa e não mais escrever. Ora vejamos: usou o blogue para confrontar os ex-reizetes que se metiam no seu curto mas radical tempo de governo bloquista. Meteu-se com o Koelho de que está noivo agora, até parece que era a seu pedido que o pravda se metia com o Paulo e a Guida.
Chegou a dar meia pancadinha a si próprio e pancada e meia ao resto do pessoal! Típico do Almada!!!

O Malheiro não é o autor desse blogue.

 
Free counter and web stats
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!