terça-feira, 11 de novembro de 2008

A NORMALIDADE - JORGE FERREIRA

in: TOMAR PARTIDO

O Presidente da República disse hoje ter informações que o funcionamento da Assembleia Legislativa da Madeira "tende à normalidade", sublinhando a importância do "bom senso" e da "ponderação" em casos como o que se viveu no Parlamento regional. O que Cavaco Silva devia era experimentar ser deputado regional por um dia e sujeitar-se a tudo o que a oposição na Madeira se sujeita, de atropelos, insultos e ameaças, para então poder dizer que a coisa tende para a normalidade. Mas não é de estranhar. Cavaco Silva não é o único a ter medo de afrontar Alberto João Jardim. Tudo normal, portanto.

1 comentário:

AC disse...

Temos que perguntar à República Portuguesa, se este bocado de terra que dista mil quilómetros do Terreiro do Paço ainda é Portugal.
Nada do que aqui acontece no principal órgão de governo próprio é NORMAL.
Ou Portugal assume esta parcela, ou o melhor é abandonar de vez este embaraço institucional no seio da República Portuguesa.
Isto de andar refém do líder autocrático do burgo, até pode ser giro, mas cansa.
Ou assumem o controlo deste sucessivo desrespeito pela mais elementar vivência democrática, ou o melhor é deixar-nos entregues aos apetites de alguma potência administrante com os auspícios das Nações Unidas.
Viver assim numa espécie de exotismo político-institucional só para seguidores de Robert Mugabe e de outros excêntricos foras-da-lei.
Estão a destruir a Madeira e a esperança num futuro sustentado.
Quando Jardim fechar os olhos em termos polítos, é ver os empresários do regime a debandar para os paraísos tropicais de rasto difícil.
A Madeira está refém de um bando de oportunistas.

 
Free counter and web stats
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!